segunda-feira, 4 de julho de 2011

Guerras, por água e energia

Defesa canadense faz previsão sombria

A escassez crítica de água e energia, combinada com a mudança do clima, pode provocar guerras dentro dos próximos quinze anos, adverte uma análise feita pelo Departamento de Defesa Nacional do Canadá. "Reservas globais de petróleo cru podem se tornar problemáticas até 2025", escreveu o major John Sheahan em uma versão preliminar do relatório Army 2040: First Look. "Isto implica que, a menos que se descubram novas e significativas reservas de petróleo ou fontes alternativas de energia, a escassez energética pode se manifestar em 2025 ou antes disso".

O relatório observa que combustíveis e energia alternativos podem não ser o suficiente para atender uma demanda crescente de energia, que está forçando a produção de petróleo a alcançar sua capacidade - ameaçada conhecida pela expressão "peak oil". "Há pouca dúvida que o acesso irrestrito a energia confiável é um tema estratégico global, pelo qual numerosas nações estão dispostas a lutar. Assim, a tendência de depleção de combustíveis fósseis como petróleo nas próximas décadas pode contribuir com tensões internacionais, senão conflitos violentos".

Sheahan é parte de uma equipe que pesquisa cenários de planejamento militar de longo prazo. A análise também adverte que, mesmo com estimativas conservadoras, até 60 países cairão na categoria de escassez ou estress de água até 2050, tornando o recurso natural "uma fonte chave de poder" ou uma "base de conflitos futuros". O relatório afirma que, apesar do debate sobre ritmo, causa, magnitude e impactos da mudança do clima, "não há mais que debater que ela está ocorrendo". O fenômeno poderá se transformar em "um choque", e não em um impulsionador de mudanças.

"Estas mudanças pode levar a impactos que resultem no abandono de grandes áreas urbanas e de cultivo, agravando ainda mais a ampla gama de escassez de recursos existente", diz o documento. Apesar de seu tom sombrio, os pesquisadores dizem que a escassez não irá causar diretamente conflitos violentos, já que isto também dependeria de outros fatores políticos, econômicos, militares e sociais, informa o Canada.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário